Centro Cultural recebe exposição Kaunas 1919 – 1939, com destaque para a arquitetura moderna

 

DE MOGI DAS CRUZES – O Centro Cultural de Mogi das Cruzes recebe a partir desta quinta-feira (07/03) a exposição Kaunas 1919 – 1939: Capital Inspirada pelo Movimento Moderno. A mostra é uma parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Consulado Geral da República da Lituânia e ficará em cartaz até o dia 20 de março.

 

A mostra reúne fotografias da arquitetura de Kaunas, segunda maior cidade da Lituânia, do início do século XX, quando local ocupou um lugar importante no mapa da Europa e aproveitou a oportunidade para tornar-se um centro europeu e uma cidade de arquitetura modernista do período entre guerras.

 

Nesta época, surgiram personagens que serviram de exemplo a toda uma geração de arquitetos lituanos, e a atual escola de arquitetura lituana formou-se baseada nessa arquitetura. Kaunas conseguiu acumular um tesouro arquitetônico moderno em um território compacto, que pode competir com a arquitetura moderna do século XX da Cidade Branca de Tel Aviv, de Budapeste, de Weimar ou de outras grandes cidades europeias.

 

“A exposição é um mergulho histórico no movimento moderno que trouxe novos conceitos de design e inspirou mudanças em cidades como Kaunas, na Lituânia que se transformou em uma atração pela arquitetura marcante”, destacou o secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori.

 

Mogi das Cruzes será a segunda cidade a receber a exposição. Antes, a mostra estava em São Paulo, na Biblioteca Villa Lobos. A vinda para o município foi acertada em janeiro, durante uma reunião entre o prefeito Marcus Melo e a  cônsul-geral da Lituânia, Laura Tupe, realizada em São Paulo.

 

A cônsul foi uma das representantes de países europeus que estiveram em Mogi das Cruzes em novembro do ano passado. Na ocasião, 10 países da Comunidade Europeia estiveram no município e conheceram o potencial econômico da cidade. Após assistir a uma apresentação sobre a cidade, eles participaram de uma ampla programação no município, que incluiu visitas à Escola de Governo e Gestão, ao Cemforpe, a uma propriedade rural especializada no cultivo de cogumelos e ao Polo Digital de Mogi das Cruzes.

 

Na ocasião, estiveram presentes representantes da Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Lituânia, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal e Suécia.

 

O Centro Cultural de Mogi das Cruzes fica no antigo prédio da Telefonica, na Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360 (ao lado da Catedral de Santana), na área central mogiana, telefone (11) 4798-6988.

 

Foto: Junior Lago / PMMC