CDP descobre cocaína em Sedex enviado por familiar de preso

Prática do envio de drogas ou eletrônicos minúsculos pelos Correios se repete mais uma vez em Suzano

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Novamente agentes da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) impedem que drogas sejam introduzidas no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano, oriundas de encomendas enviadas pelos Correios por familiares de presos no local. O novo flagrante aconteceu nesta sexta-feira (24/07).

De acordo com a SAP, por volta do meio-dia, um servidor da unidade encontrou um invólucro de cocaína camuflada dentro de um pacote de leite em pó. Segundo informou a secretaria, o produto havia sido encaminhado pela companheira de um detento. A droga estava dentro de um saco plástico e pesava 45,6 gramas. O material foi postado pelos Correios, via Sedex, mas não foi informada a agência onde isso foi feito.

A direção do CDP de Suzano encaminhou o material apreendido para a Delegacia de Polícia de Suzano, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência. Também foi aberto procedimento disciplinar apuratório para investigar o caso, que deve complicar ainda mais a situação do preso que receberia as drogas, que está no CDP aguardando julgamento por outro crime. O parente que enviou as drogas pelos Correios também deverá ter complicações judiciais.

Foto: Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) / Divulgação