Mega-Sena sorteia na noite deste sábado, dia 21, prêmio de R$ 38 milhões

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Depois da polêmica em torno do prêmio acumulado de R$ 120 milhões – ganho por um bolão de 49 cotas de funcionários do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados, em Brasília – na última quarta-feira (18/09), no concurso anterior, o de número 2.189 (leia mais abaixo), neste sábado (21/09), o 2.190 – de final zero – promete um outro prêmio cobiçado: R$ 38 milhões.

Ler mais

Tecnologias de reconhecimento facial são usadas em 37 cidades no País, em geral nas áreas de segurança pública, transporte e controle de fronteiras

Jonas Valente – Agência Brasil * – São Paulo – O Brasil tem 37 iniciativas em cidades adotando, de alguma maneira, tecnologias de reconhecimento facial. Mais da metade, 19, foram lançados no período de 2018 a 2019. Essas soluções, em geral, são empregadas nas áreas de segurança pública, transporte e controle de fronteiras. O levantamento foi realizado pelo Instituto Igarapé e apresentado nesta quinta-feira (19/09) no 10º Seminário de Proteção à Privacidade e aos Dados Pessoais, evento organizado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil. O estudo mapeou iniciativas desde 2011, em todo o país.

Ler mais

Bolsonaro quer investigar aumento abusivo em postos de combustível

Pedro Rafael Vilela – Agência Brasil – Brasília – O presidente Jair Bolsonaro reclamou nesta sexta-feira (19/09) do aumento no preço de combustíveis praticado pelos postos. Segundo ele, que citou o ataque terrorista de drones, no sábado (14/09), contra instalações petroleiras da Arábia Saudita, tem havido prática abusiva de elevação dos preços mesmo antes dos reajustes da Petrobras.

Ler mais

Tragédia e vergonha paulista: trecho morto do Tietê, principal rio do Estado, aumenta 33% e está com 163 quilômetros

Camila Boehm – Agência Brasil – São Paulo – O trecho morto do Tietê, maior rio do Estado de São Paulo, alcançou a marca de 163 quilômetros (km) neste ano, o que representa um aumento de 33,6% em relação ao ano passado (122 km), deixando a água imprópria para uso nessa extensão. A menor mancha de poluição já registrada na série histórica do levantamento ocorreu em 2014, quando a extensão do trecho considerado morto foi de 71 km.

Ler mais

Estudo mostra ruas e calçadas inadequadas para circulação de pessoas; nenhuma Capital brasileira tem condições adequadas para circulação de pedestres e cadeirantes

Elaine Patricia Cruz – Agência Brasil – São Paulo – Nenhuma capital brasileira apresenta condições adequadas para circulação de pedestres e cadeirantes nas calçadas, ruas e faixas de travessia, revela o estudo Campanha Calçadas do Brasil 2019, divulgado nesta quinta-feira (19/09) pela Mobilize Brasil, em São Paulo.

Ler mais