Capital e Grande São Paulo tiveram um mês março dos mais secos em décadas

Choveu apenas 25% da média normal para todo mês; chuvas retornam no domingo, segunda e na terça-feira

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Depois de um janeiro e fevereiro com muita chuva (o segundo mês do ano foi o mais chuvoso em 77 anos), a Capital paulista e toda a Região Metropolitana (um total de 39 cidades) tiveram, até a sexta-feira (27/03), o março mais seco em décadas. A informação é da Climatempo, com dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Com bases na medição feita no Mirante de Santana, em 27 dias, pela medição automática do instituto – choveu 54,0 mm na região do Mirante de Santana, o que corresponde a apenas 25% da média de chuva normal para março.

“A estação meteorológica convencional acumulava 50,4 mm em 23 dias, quando parou de fazer as medições em função das recomendações para conter a expansão do novo Coronavirus”, explicam os técnicos da Climatempo. “Mas não choveu no período até o dia 27 de março. A medição convencional exige que uma pessoa faça a leitura e manutenção dos instrumentos”, complementam.

Para este domingo e os próximos dias, estão previstas chuvas rápidas em Mogi das Cruzes e outras cidades da Grande São Paulo (leia abaixo).

Março mais seco em décadas

Conforme a Climatempo, os registros históricos da estação meteorológica convencional, a última vez que choveu 100 mm ou menos em março no Mirante de Santana foi no de 2000, quando março teve 100,1 mm.

O último ano em que março teve efetivamente menos de 100 mm de chuvas foi em 1997, com um total de 76,0 mm. Março de 1993 teve um acumulado de 92,5 mm.

Já, segundo a Climatempo, o último março com acumulado em torno de 50 mm – nível de 2020 – foi o de 1984, quando choveu apenas 54,0 mm nos 31 dias do mês.

 

Domingo, segunda e terça com chuva rápida em Mogi

Depois de vários dias seguidos de céu azul, sol e calor, o domingo (29/03) deverá amanhecer nublado em Mogi das Cruzes – cidade do Alto Tietê, região que ocupa a porção leste da Grande São Paulo. Ainda pela manhã, o sol deve aparecer, entre muitas nuvens. O dia terá mínima de 18°C e máxima de 28°C, e a cidade deve voltar a ter chuva, em torno dos 10 mm.

Na segunda (30/03), também com previsão de chuva durante o dia (em torno dos 15 mm), Mogi terá mínima de de 19°C e máxima de 26°C, e na terça-feira, último dia do mês (31/03), a mínima deverá ser de 18°C e máxima de 27°C, e também com previsão de chuva na cidade, caindo para 8 mm.