Campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda-feira, dia 7

Até dia 25 de outubro devem ser imunizadas todas as crianças de seis meses a 5 anos incompletos que ainda não foram vacinadas

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Todos os municípios brasileiros iniciam, nesta segunda-feira (07/10), a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. Até o dia 25 de outubro, devem ser imunizadas todas as crianças que ainda não foram vacinadas, com idade entre os seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

No dia 19 de outubro – um sábado – acontece o dia “D” de mobilização nacional, quando os municípios preparam esquemas especiais de vacinação, incluindo postos volantes em locais de grande aglomeração de pessoas.

A priorização do grupo de crianças entre os 6 meses e menores de 5 anos se deve à alta incidência da doença nesta faixa etária e aos diversos casos já registrados em 2019 em todo o país. Os menores de cinco anos apresentam maior risco de desenvolver complicações como diarreias graves, infecções de ouvido, pneumonias e até óbitos pelo sarampo.

 

No Alto Tietê

Em Mogi das Cruzes, dos 44 casos de sarampo já confirmados neste ano, 14 são menores de cinco anos. A cidade não registrou óbitos. “Orientamos que todos os pais ou responsáveis levem suas crianças nesta faixa etária para verificação da caderneta de vacinação nas unidades de Saúde. Mesmo quem acredita estar com a carteirinha em dia, deve submeter o documento a uma avaliação profissional para garantir a proteção nos casos necessários”, explica a chefe da Vigilância Epidemiológica Municipal, Lilian Peres Mendes.

A vacina aplicada é a tríplice viral, que oferece imunização contra sarampo, rubéola e caxumba e está prevista no Programa Nacional de Imunizações (PNI). Crianças, adolescentes e jovens adultos com idade entre seis meses e 29 anos devem ter duas doses da vacina. Quem tem entre 30 e 59 anos precisa ter, pelo menos, uma dose comprovada. A vacinação contra o sarampo pode ser realizada em qualquer Posto de Saúde de Mogi das Cruzesde segunda a sexta-feira, das 8 às 16h30. Informações pelo telefone 4798-6768.

Em Suzano, essa primeira fase da campanha, voltada às crianças, ocorrerá em dias úteis nos 23 postos de saúde, das 8h30 às 15h30. Inclusive, onde há expediente estendido, a vacinação irá até as 20h30 em dias específicos: Jardim Europa às segundas e quartas-feiras e Jardim Maitê às terças-feiras.

Para este público, a mobilização especial conhecida como “Dia D” está agendada para 19 de outubro (sábado), com atendimento até as 17 horas. A expectativa é de que postos volantes também sejam criados na cidade, conforme logística em estudo. Nesta primeira etapa, a intenção é alcançar a meta de 95% da cobertura vacinal do público-alvo. Para isso, o município já recebeu 15 mil doses da Secretaria de Estado da Saúde.

Vale destacar ainda que a imunização é a forma mais eficaz de prevenir a doença, sendo que 18 casos já foram identificados em Suzano em 2019. Os telefones para informações são 4745-2026, 4745-2038 e 4745-2048.

Segunda etapa da vacinação será em novembro

A segunda etapa da vacinação contra em sarampo ocorrerá de 18 a 30 de novembro, quando serão imunizados adultos jovens  – de 20 a 29 anos de idade – ainda não vacinados. Nesta etapa, o dia “D” de mobilização será em 30 de novembro. Para os demais grupos e faixas etárias, vale a mesma orientação: procurar uma unidade de saúde em caso de dúvida sobre a vacina.

A doença

A transmissão do sarampo ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções respiratórias. Os principais sintomas são febre alta (acima de 38,5º) e manchas vermelhas pelo corpo (com início na face e atrás das orelhas), acompanhados de tosse, coriza ou conjuntivite. Em caso de suspeita, a Vigilância Epidemiológica dos municípios deve ser notificada imediatamente para bloqueio e vacinação das pessoas em contato ainda não imunizadas.

 

CUIDADO COM FAKE NEWS SOBRE AS VACINAS, QUE SÃO FUNDAMENTAIS