Arujá e Sta Isabel; PRF faz grande operação de combate ao crime

2 carros roubados foram recuperados, e apreendidos 1 kg de crack apreendido e 50 mil em contrabando

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE * – Entre a noite desta segunda-feira (12/08) e a madrugada desta terça-feira (13/08), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma grande operação de combate ao crime na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na região de Arujá e Santa Isabel – cidades do Alto Tietê – região que ocupa a porção leste da Grande São Paulo. Foram recuperados dois veículos roubados, apreendidos cerca de R$ 50 mil em mercadorias oriundas de contrabando, apreendido 1 kg de crack, além da captura de um foragido da Justiça.

No Km 186 da rodovia, às 19h30, os policiais realizaram abordagem a dois veículos estacionados à frente de um comércio. Como o estabelecimento estava fechado, os policiais desconfiaram e passaram a verificar minuciosamente os dois carros. Um deles, um Fiat Bravo de cor azul, foi identificado pelos policiais como produto de roubo, tendo vários de seus sinais identificadores adulterados. Os dois homens que estavam com a posse dos carros justificaram aos policiais que se encontravam no local para realizar uma transação comercial envolvendo os veículos. Por esta razão ambos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Arujá, onde foram enquadrados no crime de receptação.

Mais tarde, por volta das 20h30, no pedágio do Km 182, em Santa Isabel, um Fiat Uno com placas de São José, em Santa Catarina, foi abordado pelos policiais e após consultas aos sistemas de informação da polícia constatou-se que um dos seus dois ocupantes, um homem de 37 anos, era procurado pela justiça, devido a uma ocorrência de porte ilegal de arma ocorrida em Colombo, cidade do Paraná.

Ainda na messa mesma noite do dia 12, às 23h15, um Fiat Punto foi abordado pelos policiais, que após rápida checagem descobriram que o veículo tinha praticamente todos os sinais de identificação adulterados, sendo facilmente constatado que se tratava de veículo roubado. Por esta razão os dois ocupantes do veículo foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Guararema – também cidade do Alto Tietê – para averiguação do crime de receptação de veículo.

Já na madrugada desta terça-feira, à 0h30, também no pedágio de Santa Isabel, no Km 182 da Rodovia Presidente Dutra, os policiais abordaram um Volkswagen Gol, com placas de Caraguatatuba. No veículo estavam, além do motorista de 20 anos, uma mulher de 38 anos acompanhada de suas filhas, uma de 15 anos e outra de um ano e meio, além de uma amiga da filha mais velha, com 17 anos. Ao verificarem os pertences dos ocupantes do carro, os policiais encontraram um tablete de cerca de 1 quilo de crack.

A mulher alegou ter contratado o motorista por R$ 400,00 em Taubaté, no Vale do Paraíba, para que este a levasse a uma favela de Osasco, cidade da Grande São Paulo, vizinha à Capital. Lá ela teria retirado o entorpecente para levá-lo para Taubaté. Todos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Arujá para averiguação do crime de tráfico de drogas. As adolescentes e as crianças foram entregues ao Conselho Tutelar.

Por volta da 1h30, ainda no pedágio de Santa Isabel, os policiais abordaram um veículo com dois ocupantes. Eles disseram aos agentes que estariam indo a passeio ao Rio de Janeiro. Entretanto, ao verificarem as bagagens dos homens, os policiais localizaram diversas mercadorias, a maioria consoles de videogames PlayStation 4 e Xbox One, sem qualquer comprovante de origem, caracterizando o crime de contrabando (descaminho). A mercadoria foi recolhida e entregue à Receita Federal, que procederá à apuração da origem dos produtos, para devolução aos proprietários (caso comprovem origem lícita e apresentem os documentos fiscais devidos) ou apreensão definitiva do material.

A PRF informa que realizado esse tipo de operação em todo o País, trazendo seus agentes especializados que atuam em outros estados para que repassem conhecimentos aos policiais locais. “Um dos ovjetivos é proporcionar mais qualificação aos agentes que enfrentam o crime no dia-a-dia, tornando a prestação do serviço de segurança pública mais eficiente”, diz a corporação.

 

Fotos: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

 

*Com informações da Agência PRF