Após colisão de carro e caminhonete, 5 pessoas morrem na noite de domingo, 24/05, na Estrada do Nagao em Mogi das Cruzes

Entre as vítimas fatais estava uma grávida de 8 meses e o bebê. Oito pessoas ficaram feridas. VW Fox colidiu de frente com caminhonete

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Cinco pessoas mortas e 8 feridas. Esse é o saldo trágico de uma colisão frontal entre dois veículos por volta das 21h deste domingo (24/05) na Estrada Fujitaro Nagao, zona rural de Mogi das Cruzes. Segundo homens do 17º Grupamento do Corpo de Bombeiros da cidade, entre as vítimas fatais está uma grávida de aproximadamente 8 meses. Mesmo come ela já morta, foi tentado um parto no próprio local, mas o bebê – uma menina – nasceu mas em seguida não resistiu e morreu.

Segundo a Polícia Militar, entre as vítimas fatais estavam Márcio Fernando Seixas, de 41 anos, a sua mulher Aline Ribeiro, que estava grávida, e o filho  Gabriel Fernando, de 17 anos, estavam em uma festa, dentro de uma chácara, quando decidiram ir embora. Um amigo da família, Felipe,juntou-se a eles para pegar carona. E foi esse amigo que foi o único sobrevivente desse carro.

Ao voltarem para casa, em uma curva perigosa com descida, o homem que dirigia um VW Fox perdeu a direção do veículo, entrou na faixa contrária e bateu de frente com uma caminhonete, onde estavam oito pessoas – quatro delas crianças.

De acordo com a Polícia Militar, na caminhonete estavam o motorista Lucas Alberto Araújo Godoy, a mãe dele Priscila Takumi Godoy, Liz Harume Takumi, de 4 anos, Kenji Takumi de 4 anos, Erika Takumi, de 33 anos, Estela Takumi, de 10 dias, e Fabio Takumi. Todos  sobreviveram, exceto Benjamin Iudi Takumi, de 4 meses, que morreu. Lucas e Fabio viajavam nos bancos da frente, enquanto as mulherese crianças no banco traseiro. Segundo os bombeiros, na caminhonete não havia cadeirinhas, tipo bebê conforto.

Depois da colisão, o pai percebeu que Iudi estava desacordado. O motorista de um ônibus que estava próximo do local do acidente levou o bebê para a Santa Casa de Mogi das Cruzes, mas ele não resistiu.

No Fox, Márcio e Aline ficaram presos nas ferragens e os bombeiros precisaram serrar e retirar partes da lateria do veículo, portas e bancos, para retirá-los do local.

Os feridos que estava na caminhonete foram encaminhados para o Hospital Santana e o Hospital Ipiranga – ambos particulares. Já o jovem Felipe, que havia pegado carona no Fox, foi levado para o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, no Mogilar.

A Estrada Estrada Fujitaro Nagao liga duas rodovias da região, a Mogi-Salesópolis e a Mogi-Bertioga, e dá acesso a várias propriedades, chácaras e até um equipamento histórico e turístico, o Casarão do Chá. Não se sabe se a família do Fox vinha de uma confraternização em algum imóvel nessa estrada em Mogi das Cruzes ou de cidades vizinhas, como Biritiba Mirim e Salesópolis.

Com o acidente, a Estrada do Nagao, que tem pista simples com faixas nos dois sentidos, ficou interditada por cerca de duas horas. Várias viaturas dos Bombeiros, Polícia Militar, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Polícia Técnica atenderam a ocorrência. Após perícia no local da colisão, a estrada foi liberada ao tráfego de veículos. Vale lembrar que a estrada, embora pavimentada, é bastante perigosa, e não tem acostamento.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes, no Parque Monte Líbano, e agora a Polícia Civil vai investigar as causas desse trágico acidente. Somente após a conclusão dos exames necroscópicos, pelo Instituto Médico Legal (IML) de Mogi é que se poderá confirmar se algum dos motoristas ingeriu ou não bebidas alcoólicas.

Fotos:  Corpo de Bombeiros de Mogi das Cruzes / Divulgação

 

Fotos da galeria: Hélio Torchi Filmes