Após acidente grave e 68 dias de internação, morre o médico Dr. Zanetta

Ele havia sofrido um acidente de trânsito grave na tarde de 27 de abril em uma via de Cezar de Souza

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE – Após 68 dias de internação – entre dois hospitais – morreu na tarde deste sábado (04/07) médico ginecologista, ex-vereador e ex-vice prefeito de Mogi das Cruzes, Roberto Luiz dos Reis Zanetta, aos 71 anos. Em 27 de abril, ele colidiu violentamente contra um poste (foto abaixo), na Avenida Ricieri José Marcatto, uma das principais vias do distrito de Cezar de Souza.

Ele foi levado para o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, no Mogilar, onde foi conduzido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com politraumatismo. Em coma profundo, médicos avaliaram as condições da vítima, que já havia sido dada como morta.

Logo após o acidente, uma postagem levou a muita gente pensar que o médico havia morrido. Houve muitos compartilhamentos e lamentos na ocasião.

Cinco dias depois do acidente grave, na madrugada do dia 2 de maio, Zanetta foi transferido do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, na cidade, para o Hospital 9 de Julho, na Capital paulista.

Muito conhecido em Mogi das Cruzes e região, Zanetta foi vereador por dois mandatos, de 1993 a 2000, e ainda vice-prefeito de Junji Abe em seu primeiro mandato.

No hospital paulistano, Zanetta foi assistido por uma equipe multiprofissional de terapia intensiva e de neurologia e neurocirurgia. Ele permaneceu em estado grave, realizou exames neurológicos de imagem, onde observou-se alterações neurológicas, mas que segundo os médicos podiam ser reversíveis. Ainda segundo os médicos, os cuidados com a função renal e com o trauma pulmonar durante todo esse tempo inspiravam cuidados intensivos adicionais.

Em meados de maio, a equipe médica chegou a anunciar uma recuperação de Zanetta, o que deixou todos animados.

Nas redes sociais, uma das filhas, Fernanda Zanetta, fez uma postagem emocionante. “E você se foi. Lutou por 67 dias como um guerreiro. Quanto orgulho sinto de você, meu herói. Hoje fico órfã não só do meu pai, mas também da referência médica. Impressionante o seu dom pela cura, seus diagnósticos eram precisos. Fora o carisma e ética impecáveis. Por onde passou deixou sua alegria, bondade e luz. Obrigado por  todos os ensinamentos que me deu. Quanta honra ter sido sua filha nesta vida. Agora descanse, pai. Sinta todo o meu amor te envolvendo. Te amo sempre e para sempre.”

Assim como na data do acidente e nos dias sequentes, as mensagens de condolências a Zanetta são muitas. Não há informações sobre local e horário do velório e sepultamento do médico.