Após 2 anos sem desfiles, Vila Industrial é campeã em Mogi. Desfile atraiu 8 mil

 

PAULO QUARESMA – DO CORREIO INDEPENDENTE * – A Escola de Samba Unidos da Vila Industrial é a nova campeã do Carnaval 2019 de Mogi das Cruzes. O resultado da apuração dos votos aconteceu na manhã desta segunda-feira (04/03) no auditório do Tiro de Guerra, no Mogilar. A Estação Primeira de Braz Cubas – a tradicional Brazcubão – ficou com o vice-campeonato.

 

Mesmo enxuto, sem arquibancadas e camarotes – em apenas um dia e com apenas cinco agremiações carnavalescas – a Prefeitura de Mogi das Cruzes estima que em 8 mil pessoas assistiram ao desfile. (leia mais abaixo)

 

Num desfile com apenas cinco agremiações – e em apenas uma noite, que começou com um grande atraso – a campeã, Vila Industrial, obteve 179,5 pontos, com 15 notas dez e nenhuma penalidade – contra os 174,3 pontos do BrazCubão. Em terceiro ficou a Acadêmicos do São João, com 162,9 pontos.

 

O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, entregou os trófeus e agradeceu o envolvimento das agremiações e suas comunidades. “Depois de dois anos sem desfiles, o Carnaval de Mogi das Cruzes voltou para ficar. O que vimos na avenida na noite de domingo foi uma festa muito bem organizada, familiar e muito comemorada pela população, que estava com saudades do Carnaval e foi para a rua para conferir o espetáculo que vocês fizeram”, afirmou. Sartori agradeceu também o empenho de todos os colaboradores.

 

Após os votos apurados e computados, Emerson Rodrigues da Silva, presidente da Vila Industrial, a campeã, comemorou. “Cumprimos horários, quesitos e mesmo com dificuldades dos repasses financeiros, mas com a união de toda a escola e a comunidade o resultado foi esse, a vitória”, disse. A campeão do Grupo Especial levou o prêmio de R$ 8 mil em dinheiro. Ele lembrou ainda que em 2014 a escola caiu para o Grupo de Acesso, mas com muito união da comunidade voltou a subir no carnaval seguinte.

 

A Vila Industrial agremiação levou para a passarela do samba o enredo “Yggdrasil – e a lenda do quinto dia”. O termo Yggdrasil é da mitologia nórdica e se refere à árvore que sustena o firmamento e os nove reinos. Já o “quinto dia” refere-se ao Livro do Genesis, que aborda a criação do universo.

 

Ao longo de sua história, com mais essa vitória, a Vila Industrial conquistou oito títulos do Grupo Especial no Carnaval de Mogi das Cruzes. A sua ultima conquista foi em 2015, com o título de Campeã do Grupo de Acesso.

 

Segunda e terceiras colocadas

A vice-campeã de 2019, a Estação Primeira de Braz Cubas, levou para a Avenida Cívica o enredo “Epahey Oyá, Deusa de Nigéria, Salve Yansã a Divindidade Negra…”, uma homenagem à orixá tida como divindade dentro da cultura de matrizes africanas.

Já a terceira colocada do Grupo Especial, a Acadêmico do São João – agremiação mais antiga em atividade na cidade (desde 1972), a escola fez um resgate de sua própria história, com o enredo “Em verde de rosa lembrando os velhos Carnavais”.

 

Grupo de Acesso

Única agremiação a desfilar pelo Grupo de Acesso, a Acadêmicos da Fiel foi a campeã, com 165,5 pontos. A escola em 2020 volta ao Grupo Especial e ganhou este ano R$ 2 mi pelo título. Criada em 1996, a agremiação mostrou ao público o enredo “Reconstrução: Recomeçar é necessário, reconstruir é preciso”, abordando diversas passagens e personagens históricos, que de alguma forma passaram por transformações. A escola entrou na avenida com 20 minutos de atraso. 165,5
Sem apresentar carro alegórico e abre-alas, a Unidos do Sales, que começou o desfile com muito atraso, foi desclassificada. A Unidos do Sales foi desclassificada no início do desfile da noite de domingo, porque não apresentou o abre-alas e um carro alegórico. O carro abre-alas ficou enroscado em fios ainda na concentração, depois teve a quebra de direção e não entrou na Avenida Cívica. A tradicional escola de samba do Jardim Camila levou para a Passarela do Samba as festas brasileiras, convidando o público a uma viagem por diversos estados do Brasil.

No julgamento, oito jurados avaliaram nove quesitos: alegoria, fantasia, samba, bateria, casal de mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, harmonia, enredo e evolução.

Unidos da Vila Industrial levantou o público na avenida e conquistou o título de bicampeã do Carnaval mogiano 

A Estação Primeira de Braz Cubas ficou com o segundo lugar no Grupo Especial
Acadêmicos da Fiel, única agremiação Grupo de Acesso, ficou com o primeiro lugar

*Colaborou Jessica Almeida, Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Mogi
Fotos: Ney Sarmento / PMMC
CLIQUE E VEJA O PÚBLICO QUE COMPARECEU A AVENIDA CÍVICA
http://www.correioindependente.com.br/na-volta-do-carnaval-8-mil-pessoas-assistem-ao-desfile-na-avenida-civica-em-mogi-das-cruzes/